Triciclo

Já parou para pensar em quando você tinha tempo? Quando era criança e apesar de não saber quase nada, tudo fazia sentido?
Triciclo é uma pequena crônica sobre as nossas reformas adiadas.

Incoerente

Toda a prisão tem na fechadura uma chave que nós mesmos colocamos, seja ela injusta ou não. Incoerente é sobre isso, um poema sobre as nossas prisões.

Farol

Miniconto/poesia que tem pernas que andam por entre os carros. No natal, no ano novo, num desfile que não é carnaval.
O Farol é curto, como o tempo que eles têm para pegar o seu peixe.

Dia

Para todos os dias que fazemos tudo igual. Os dias robôs, os dias que comem nosso tempo. Dia é um miniconto que fala deste vampiro de horas que é o cotidiano.

Como se começa uma guerra?

Como se começa uma guerra? É muito mais fácil que se começar a paz. E guarda aos poderosos, a segurança dos lucros, e a nós resto da humanidade, uma cova medida. A nossa parte rasa no latifúndio da guerra.