Os Crimes ABC – Agatha Christie

Os crimes ABC de Agatha Christie difere de toda a obra da escritora. O próprio Poirot reconhece a diferença deste caso comparado aos outros.

Os outros casos solucionados pelo detetive eram, segundo na observação do próprio Poirot, intimistas, crimes em que a vítima estava envolvida emocionalmente com o assassino.

Mas estará Poirot certo nesta observação?

No caso do ABC, o criminoso é um serial killer, que mata se vínculo nenhum com suas vítimas, exceto o fato delas seguirem uma ordem alfabética.

Outro fator interessante na obra é uma narrativa paralela, onde se pode acompanhar o ponto de vista do assassino (ou suposto assassino), o que dá um contraponto a investigação de Poirot.

Os assassinatos

Tudo começa com a visita de Hastings, quando Poirot planejava uma vida mais tranquila longe das investigações.

Mas o pressentimento do detetive o alerta de que algo está para acontecer, e novamente o destino prova que ele estava certo.

Uma carta assinada apenas por ABC, avisa que um crime irá acontecer e desafia o Hercule Poirot a impedi-lo. As únicas pistas são uma data e uma cidade: Androver.

Com tão poucas variáveis e suspeitando que pudesse ser um trote, Poirot alerta as autoridades e fica no aguardo de que seus pressentimentos não sejam mais do que más impressões de um velho.

Infelizmente na data prevista uma senhora chamada Alice Ascher é encontrada morta em sua tabacaria. A suspeita cai sobre seu marido um bêbado que sempre a ameaçava, no entanto há a carta, que é escrita de forma clara e precisa, usando uma linguagem que jamais sairia de um bêbado.

Não demora muito e outras cartas começas a aparecer, sempre desafiando Poirot, todas seguindo uma a sequência alfabética:

A segunda vítima é Betty Barnard em Bexhill a terceira Carmichal Clark em Churston.

Apesar de parecer perdido perante a imprensa, Poirot mantém sua calma peculiar e procura entender o que move o assassino. Descobrindo seu motivo, descobrirá o rosto atrás do criminoso.

E é claro, ao final da trama, não deixamos de ver a famosa cena, onde Poirot em frente a uma pequena platéia, explica os crimes e revela o verdadeiro assassino.

A mão de Agatha

A construção de cada personagem e a condução da história é feita em uma narrativa leve e de fácil leitura, o que tornam este livro um dos melhores da dama do crime.

O final é inesperado e passa por uma prisão de um inocente.

Bom, qualquer coisa que vier agora será um spoiler, portanto, baixe o livro e divirta-se com esta grade obra de Agatha Christie

Olá, você pode baixar os seus livros normalmente, basta deixar os seus dados aqui. Gostaria de saber um pouco mais sobre você, os seus gostos, seus ódios e assim poder oferecer mais conteúdo que te agrade.

Se já for cadastrado, é só se logar.

Este cadastro é feito uma única vez, quando você voltar basta se logar e todos os livros estarão disponíveis.

Depois de se registrar, você poderá editar os seus dados na página 'Meu canto'.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *