Toda Poesia de Ferreira Gullar

Ferreira Gullar, nasceu José Ribamar Ferreira em São Luiz. Aos dez dias do mês de setembro de 1930.

Hoje, ao fim de um ano trágico.

Nos deixou.

Quando se morre um poeta, reza a lenda, a terra chora.

Pois desta árvore, não nascerá mais frutos.

Um fruto singular, próprio de cada poeta, de cada escritor.

Pois o doce desta fruta, é o fruto de sua própria vida, letras traduzidas de sua história.

 

Breve história:

É um entre onze filhos. Muitos o consideram o maior poeta vivo do Brasil e não seria exagero dizer que, durante suas seis décadas de produção artística, Ferreira Gullar passou por todos os acontecimentos mais importantes da poesia brasileira e participou deles.

Em 1956 participou da exposição concretista que é considerada o marco oficial do início da poesia concreta.

Em 1999 é inaugurada em São Luís a Avenida Ferreira Gullar.

Em 2002, foi indicado por nove professores dos Estados Unidos, do Brasil e de Portugal para o Prêmio Nobel de Literatura.

Em 2007, seu livro Resmungos ganhou o Prêmio Jabuti de melhor livro de ficção do ano.

Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.

Foi agraciado com o Prêmio Camões em 2010.

Em 15 de outubro de 2010, foi contemplado com o título de Doutor Honoris causa, na Faculdade de Letras da UFRJ.

Em 20 de outubro de 2011, ganhou o Prêmio Jabuti com o livro de poesia Em Alguma Parte Alguma, que foi considerado “O Livro do Ano” de ficção.

 

Abaixo. Toda Poesia de Gullar

Olá, você pode baixar os seus livros normalmente, basta deixar os seus dados aqui. Gostaria de saber um pouco mais sobre você, os seus gostos, seus ódios e assim poder oferecer mais conteúdo que te agrade.

Se já for cadastrado, é só se logar.

Este cadastro é feito uma única vez, quando você voltar basta se logar e todos os livros estarão disponíveis.

Depois de se registrar, você poderá editar os seus dados na página 'Meu canto'.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *