William Shakespeare

Conhecido em sua terra natal como The Bard (O Bardo), o maior escritor de língua inglesa de todos os tempos, e também o mais influente dramaturgo do mundo, transitava com facilidade por diversos gêneros literários – tragédia, drama, comédia, poesia, romance -, tendo se tornado muito popular e reconhecido em sua própria época.

Entre 1585 e 1592, gozou de uma carreira bem-sucedida em Londres como ator, escritor e um dos proprietários da companhia de teatro Lord Chamberlain’s Men, também conhecida como King’s Men. Produziu grande parte de sua obra em um período de 23 anos, entre 1590 e 1613, quando retornou a sua cidade natal.

Apesar do talento reconhecido em vida por admiradores e rivais, a idolatria em torno de seu nome só veio no século XIX com o movimento romântico e a Era Vitoriana, sucesso que se manteve no século seguinte, quando sua obra foi adotada por novos movimentos. Desde então, seus trabalhos são estudados, encenados e reinterpretados em diversos contextos culturais e políticos, o que tornou Shakespeare o autor teatral mais cultuado e encenado de todos os tempos.

Seu acervo conhecido possui 38 peças (e diversos poemas), a maioria delas traduzida para os principais idiomas do planeta. Além de encenados no teatro, muitos de seus textos foram e são adaptados com frequência para a televisão, cinema e literatura. É o caso, por exemplo, de Romeu e Julieta, célebre história de amor, e Hamlet, cujo personagem principal é o autor da famosa frase To be or not to be: that’s the question (Ser ou não ser, eis a questão).

As primeiras peças de Shakespeare foram comédias e obras baseadas em eventos e personagens históricos, seguindo-se a produção de tragédias que se tornaram famosas, como o próprio Hamlet, Rei Lear e MacBeth. Na última fase de sua carreira, escreveu peças consideradas tragicomédias e romances.

Em 1623, sete anos após sua morte, dois de seus antigos colegas de teatro publicaram o First Folio, coletânea de suas obras dramáticas que incluía quase todas as peças (exceto duas) reconhecidas atualmente como sendo de sua autoria. (Kb)

Peças

  • Romeu e Julieta, 1597
  • Henrique IV, Parte 1, 1598
  • Trabalhos de amor perdidos, 1598
  • Júlio César, 1599
  • Sonho de uma noite de verão, 1600
  • Henrique V, 1600
  • Como gostais, 1600
  • Muito barulho por nada, 1600
  • O mercador de Veneza, 1600
  • Noite de reis, 1601
  • Hamlet, 1603
  • Otelo, 1602-1604
  • Medida por medida, 1604
  • Rei Lear, 1604-1608
  • Macbeth, 1606
  • Antônio e Cleópatra, 1606-1607
  • Conto de inverno, 1610-1611
  • A tempestade, 1611

Poesia

  • Vênus e Adônis, 1593
  • Sonetos, 1609 

Olá, você pode baixar os seus livros normalmente, basta deixar os seus dados aqui. Gostaria de saber um pouco mais sobre você, os seus gostos, seus ódios e assim poder oferecer mais conteúdo que te agrade.

Se já for cadastrado, é só se logar.

Este cadastro é feito uma única vez, quando você voltar basta se logar e todos os livros estarão disponíveis.

Depois de se registrar, você poderá editar os seus dados na página 'Meu canto'.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *