Hamlet e a presidenta deposta.

Hamlet é Uma das mais famosas histórias de Shakespeare, e com a deposição da nossa presidenta, nada melhor que a tragédia e jogos de poder representadas pela peça, para tentar entender todo este jogo de poder, que faria o próprio Shakespeare reescrever seus textos, ou até criar novos.

A trama de Hamlet é conhecida por quase todos, se não leram o livro, já viram no teatro ou cinema, se não viram, deveriam.

Trata-se da vingança de Hamlet, que depois de receber a visita do suposto fantasma do pai, descobre que este foi assassinado pelo seu irmão e atual rei da Dinamarca Cláudio.

Tal como a nossa política, que cheia de meandros, depôs hoje a presidenta Dilma. Não que ela fosse totalmente inocente, mas o seu vice, com certeza também não o é. E como o rei Cláudio, assumiu o trono matando, ou impedindo no nosso caso, o seu irmão ou parceira de chapa.

Nesse caso, seguindo a história Shakespeariana, o fantasma de Dilma aparecerá para seus militantes e pedirá a cabeça do traidor. Mas alguém com algum pensamento dirá: Há mais coisas entre o céu e a terra, meus amigos, do que sonha nossa vã filosofia.

Muitos irão gritar: Há algo de podre no reino da Dinamarca (ou Brasil) estes gritos apesar da razão, ficarão perdidos no clamor dos ânimos.

E o fantasma de Dilma/Rei Hamlet

Esta vaga hoje pelo limbo seguida por poucos asseclas, que como Hamlet, pegaram a caveira de Yorick e clamaram:

Ser ou não ser, eis a questão: será mais nobre
Em nosso espírito sofrer pedras e flechas
Com que a Fortuna, enfurecida, nos alveja,
Ou insurgir-nos contra um mar de provocações
E em luta pôr-lhes fim?

Não há muito o que fazer agora, asseclas, recolham suas armas e aceitem a situação.

Seja como for, a presidenta sacou de sua espada, foi ao senado e lutou sua última batalha. A espada do inimigo estava envenenada, e ela foi ferida de morte. Alguma rainha deve ter bebido do cálice, que também continha veneno, mas esta morte foi mais silenciosa.

O rei Cláudio/Temer não morreu, como aconteceu em Hamlet, mas assumiu com um discurso de que agora está tudo bem. Estará?

O povo, ou parte dele, conseguiu o que queria. O rei foi deposto. A economia vai melhorar com isso? Será que a polícia federal vai continuar prendendo? E se prender, quem ficará para governar?

De tudo só temos uma certeza.

O resto, não será silêncio.

Abaixo Hamlet, qualquer semelhança com a realidade, é premonição de Shakespeare/Nostradamus.

Olá, você pode baixar os seus livros normalmente, basta deixar os seus dados aqui. Gostaria de saber um pouco mais sobre você, os seus gostos, seus ódios e assim poder oferecer mais conteúdo que te agrade.

Se já for cadastrado, é só se logar.

Este cadastro é feito uma única vez, quando você voltar basta se logar e todos os livros estarão disponíveis.

Depois de se registrar, você poderá editar os seus dados na página 'Meu canto'.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *