A Fantástica Fábrica de Chocolate – Roald Dahl

Em agosto perdemos Gene Wilder, e em homenagem a este grande ator o livro de hoje é “A fantástica fábrica de chocolate”, um de seus muitos papéis mais marcantes.

O livro, como todos já devem saber, se não leram já viram os filmes, fala de Charlie, um menino pobre que morava com seus pais e seus avós, maternos e paternos.

A situação em que ele vivia era de extrema pobreza. Fome e privações faziam parte da sua via.

Mas Charlie era um menino de esperança e sonhos. Esperança rara, como a única barra de chocolate que recebia uma vez por ano, em seu aniversário.

Willy Wonka era outro sonhador, que vivia de fazer doces. O fazia com tanta perfeição que a concorrência começou a roubar suas ideias.

Ele fechou a fábrica por quinze anos, não havia funcionários, todos foram mandados embora, inclusive um dos avós de Charlie.

Mas mesmo sem funcionários, um dia a fábrica começou a funcionar. Os chocolates saiam prontos, ninguém sabia como eram feitos, só que continuavam deliciosos como sempre.

O mistério da fábrica está por ser revelado quando o Sr. Wonka decide abrir os portões para cinco crianças sortudas, que se encontrarem o cupom dourado, poderão visitar a fantástica e misteriosa fábrica de chocolate.

E Charlie deposita suas esperanças na única barra que receberia de seu aniversário, uma única barra entre milhares, que abriria a porta para um mundo que só existia em sua imaginação.

Daqui para frente é história, que deve ser lida e apreciada como uma boa barra de chocolate.

 

Gene Wilder

Normalmente reservo esta segunda parte para falar do autor do livro, mas com todo respeito, e como se trata de uma homenagem a Gene Wilder, vamos falar um pouco dele.

Gene Wilder, faleceu em agosto, deixando uma série de personagens fantásticos, de doutor Frankenstein na comédia “O jovem Frankenstein” ao nosso querido Willy Wonka.

Ele morreu aos 83 anos devido a complicações do mal de Alzhemier. Uma doença que come nossas memórias.

Mas, sempre existe um mas, a morte não tira as nossas lembranças, ele ainda vai estar nas telas, gravado em película, frames ou qualquer coisa mecânica ou eletrônica que sempre vão existir.

Abaixo o livro para ser lido como um sundae de chocolate que você segura até o último restinho para manter a sensação por mais tempo possível e um vídeo, de Gene Wilder, como Willy Wonka, que viverá para sempre, em nossa imaginação. Vá em paz Willy.

 

[kad_youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=SVi3-PrQ0pY” width=450 height=300 ]

 

 

 

Olá, você pode baixar os seus livros normalmente, basta deixar os seus dados aqui. Gostaria de saber um pouco mais sobre você, os seus gostos, seus ódios e assim poder oferecer mais conteúdo que te agrade.

Se já for cadastrado, é só se logar.

Este cadastro é feito uma única vez, quando você voltar basta se logar e todos os livros estarão disponíveis.

Depois de se registrar, você poderá editar os seus dados na página 'Meu canto'.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *